Terra(s)
de Sefarad

Encontros de Culturas
Judaico-Sefardita

15 — 18.06.2017
Bragança, Portugal

15 - 17.06.2017
Bragança, Portugal

Enquadramento

Os mais de dois milénios de presença judaica no território hoje português marcaram de forma indelével a História e a Cultura, no fundo a identidade e os ideários. Da política à economia, das artes e da ciência aos mais simples usos e costumes, existem hoje inúmeras marcas da sua presença e influência, património cada vez mais valorizado, redescoberto e passível de ser usado de forma muito positiva nas dinâmicas de desenvolvimento e coesão territorial.

A região de Trás-os-Montes, possui um conjunto de características favoráveis ao desenvolvimento de uma estratégia de afirmação de uma diversidade cultural assente num património imaterial de um passado judaico-cristão ainda presente.

A dinamização patrimonial e identitária sefardita pode ser um polo fundamental na recriação de ligações de Bragança aos polos de maior desenvolvimento mundial, seja Nova Iorque ou a Malásia, notáveis zonas do planeta onde existem muitos sefarditas.

Aliás, o desenvolvimento de uma estratégia sólida de contacto com famílias judias possivelmente oriundas de Bragança pode ser, sem dúvida, uma forma muito efectiva de cativar investimento e de colocar a cidade no mapa das prioridades, não apenas turísticas.

Assim, o importante contributo científico desenvolvido pelo Museu Abade Baçal, e em particular o Centro de Interpretação da Cultura Sefardita do Nordeste transmontano, e Bragança Sefardita - Memorial e Centro de Documentação, deverão ser vistos apenas como o início do processo de redescoberta e reconhecimento de uma cultura que ajudou a forjar a identidade transmontana.

Projeto

Com o património, material e imaterial, assinalado, e com a vasta e profunda herança atestada em imensa bibliografia especializada, Bragança deve alavancar o seu desenvolvimento em vários pilares, sendo que um dos mais diferenciadores é, com toda a certeza, a referida herança sefardita.

Com uma diáspora na casa dos largos milhares de descendentes de judeus e cristão-novos fugidos de Portugal, a cidade brigantina tem um património humano, de possível atractividade, imenso e de dimensão cultural, financeira e económica a merecer muito cuidada avaliação.

De facto, a par do desenvolvimento possibilitado pelo polo universitário, bem como de algumas indústrias, a ligação de Bragança a todo o planeta através de descendentes de judeus da região pode ser um elo de sentimentos que potencie de forma única o desenvolvimento da região, catalisando e centralizando as memórias, os afectos e o recorrente desejo de encontrar as “raízes” familiares.

Este evento/projeto surge no seguimento de reflexões que apontam para a implementação de uma estratégia para este território - a sua valorização e internacionalização -, partindo da promoção dos equipamentos culturais sobre a Cultura Judaica e Sefardita em Bragança: o Centro de Interpretação da Cultura Sefardita do Nordeste Transmontano; Memorial e Centro de Documentação, Bragança Sefardita. Mas também do Património material e imaterial com Vestígios e referencias à cultura judaica e sefardita na região de Trás os Montes, tais como: Museu Abade de Baçal, rio Fervença, rua de judiarias, aldeia do Cação, Mogadouro, Cortiços, Chacim, etc.

Propõe-se um grande evento, durante 4 dias, de carácter internacional, com 4 grandes objectivos:
Sensibilizar o Turismo Cultural Religioso judaico (nacional e internacional); Trazer a Bragança figuras de renome internacional judaicas e sefarditas, numa ligação com Espanha: artistas, investigadores, historiadores, investidores, descendentes sefarditas; Provocar impacto nos media especializados e generalistas sobre a importância da cultura sefardita, num passado recente, e no nosso futuro próximo, (re)colocando Bragança nas Rotas internacionais, através de uma nova centralidade.

Programa

Exposições


15.06 – 15.09.2017

Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

Dvora Morag, artista Israelita, apresenta “Disruptive Order” numa exposição e instalação em arte têxtil contemporânea.
Graça Morais, artista transmontana, apresenta un conjunto de obras da sua série “O Medo”.
 

Centro de Fotografia Georges Dussaud

Georges Dussaud, França. Exposição de Fotografia da sua coleção sobre os rituais, o quotidiano, os ofícios, a paisagem de Bragança, muitos deles ligados aos rituais sefarditas.
Orlando Ribeiro (CEG), Portugal. Exposição de trabalho artístico, documental e/ou científico (geografia) com base em registos fotográficos sobre o território de Trás-os-Montes.
 

Museu Abade de Baçal

“Quando as periferias são centros: a indústria de tecelagem e das sedas”
Exposição documental e etnográfica com base na produção e indústrias da seda, na época de auge da exploração setecentista.
 

Centro Ciência Viva

Exposição e actividades – serviço educativo – sobre estórias de personalidades ligadas à ciência e cultura Sefardita como por exemplo, Dr. Mirandela, Jacob e Castro Sarmento, Jacob Rodrigues de Pereira (referenciados na exposição do CICS).

Mostra de Cinema Judaico


15 – 16.06.2017

Jardim Centro Arte Contemporânea Graça Morais

Cinema ao ar livre às 22h
Mostra de cinema judaico-sefardita
documentários e curtas + ficção – em estreita colaboração com a JUDAICA – Mostra de Cinema (Lisboa) e com curadoria de Elena Piatok, diretora.

Congresso Internacional


15 – 17.06.2017

Auditório do Teatro Municipal de Bragança, Auditório C. C. Adriano Moreira, Auditório Paulo Quintela

“Identidade e Memória Sefardita: História e Actualidade”
Pretende-se, assim, colocar a cidade enquanto centro incontornável da reflexão sobre a memória e o património judaico em Portugal e em todo o Norte da Península Ibérica.

Mercadinho Kosher


18.06.2017 10-19h

Praça da Sé

Um dos campos mais sólidos de desenvolvimento económico imediato no campo do mundo sefardita é, obviamente, o da comida kosher certificada.
Produtos Kosher – Turismo Cultural e Criativo (divulgação das rotas + aldeias + serviços) – Welcome to Bragança (dirigido a descendentes sefarditas…) – Animação teatral de rua

Música Sefardita


Jardim Centro Arte Contemporânea Graça Morais

15.06.2017, 20h

Herança Longínqua duo
Após inauguração das exposições e no término do percurso pela “Rua dos Museus” será realizado um concerto íntimo, com voz, violoncelo e percussão, numa criação de canções sefarditas, com Magna Ferreira (voz e percussão) e Jed Barahal (violoncelo).
 

Castelo de Bragança

17.06.2017, 22h30m


Yasmin Levy
Cantora e artista Israelita, “a extraordinária intérprete de música Ladino, que com grande dramatismo produz ecos do fervor do Flamenco Espanhol, Tango Argentino e do “blues” do Fado Português.”

Entrada (5,00€)
TicketLine
– Há venda nos locais habituais (FNAC, Worten,…)
– Loja Interactiva de Turismo de Bragança (+351 273240020)

Informações

Alojamento
A organização fez um acordo com alguns hotéis para alojamento dos visitantes com preços reduzidos. Mencione no momento da reserva a participação no Congresso Internacional para usufruir das tarifas.

Hotel São Lázaro ***
E-mail: reservas.hsl@hotelsaolazaro.com
Telefone: +351273302700
www.hotelsaolazaro.com

Hotel Tulipa **
E-mail: hotel.tulipa@hotmail.com
Telefone: +351273331675
www.tulipaturismo.com

Pousada de Portugal S. Bartolomeu (charme)
E-mail: guest@pousadas.pt
​Telefone: +351273331493
www.pousadas.pt

Hotel Nordeste Shalom **
E-mail: hotel.nordeste.shalom@gmail.com
​Telefone: +351273331667
www.hotel-shalom.com.pt

Outros Hotéis em Bragança:
Hotel Ibis ***
E-mail: h3338@accor.com
www.ibis.com

Pousada da Juventude de Bragança
E-mail: braganca@movijovem.pt
www.pousadasjuventude.pt/braganca

Como chegar a Bragança
De carro

Acesso | Distâncias | Tempo
Porto - 208 Km | 02h00m - A4
Covilhã – 224 km | 2h21m - A23 | IP2 | A4
Lisboa - 509 Km | 04h53m - A1 | A24 | A4
Zamora – 100Km | 1h13m - N122/E82 | A4
Valladolid - 200 Km | 02h10m - E.80/A-62 | A-11 | N122/E82 | A4
Vigo - 256 Km | 03h07m - A52- ZA-L-2698 | N308
Madrid - 353 Km | 03h42m - A6/AP-6/A-11 | N122/E.82 | A4

De Bus
Rodonorte
do Porto 3h (aprox) | de Lisboa 6h30m (aprox)
Rede Expressos
do Porto 3h (aprox) | de Lisboa 6h45m (aprox)
Auto Viação do Tâmega
do Porto 4h (aprox) | de Lisboa 9h

Via Aérea
Aero Vip - Cascais/Bragança (1h30m)

Contato

Terra(s) de Sefarad:
sefardi.international.congress@gmail.com
terrasdesefarad.producao@gmail.com

Organização e Produção:
Ideias Emergentes - Produção Cultural, CRL
imergentes@gmail.com

Subscreva a newsletter

Loja Turismo de Bragança
Telefone: +351 273240020 | +351 934491460
Quarta a Domingo - 9.30h às 13.00h | 14.00h às 17.30h